FIQUE POR DENTRO DAS

NOVIDADES

Plano emergencial do Movimento de Mulheres durante a pandemia da COVID-19

AÇÕES / ATIVIDADES DESTINADAS A PREVENIR E REDUZIR RISCOS EAGRAVOS SOCIAIS DECORRENTES DA PANDEMIA DO NOVO CORONAVÍRUS(COVID-19)

O plano emergencial de ação que tem sido implementado pelo Movimento de Mulheres durante a pandemia da COVID 19 tem como objetivo realizar as atividades presenciais e remotas que foram e serão desenvolvidas no mês de abril de 2020; ocasião em que o distanciamento social ampliado tem sido determinado pelas autoridades sanitárias estaduais e federais. Dentre os objetivos destacam-se as ações preventivas e assistenciais às crianças, adolescentes e familiares acompanhados pelas equipes dos projetos sociais em andamento na instituição, a saber: Projeto NEACA – Núcleo Especial de Atendimento à Crianças e Adolescentes Vítimas de Violência Doméstica e Sexual; Programa NACA – Núcleo de Atenção à Infância e Adolescência; Projeto Rede Vida – Apoio às pessoas que convivem com HIV/AIDS; Projeto NEACA Cultural – desenvolvido na comunidade Salgueiro – São Gonçalo; Roda de Conversa com Gestantes, Familiares e Amigos.

Outrossim, cabe informar que o Movimento de Mulheres em São Gonçalo continua funcionando através de um regime de escala com a presença de suporte administrativo e técnico de nível superior para atendimento telefônico e presencial para quando houver situações emergenciais. Desde o dia 16 de março, quando se constatou a propagação comunitária do coronavirus, a instituição não fechou um único dia. Desta forma, as ações abaixo descritas registram com transparência a dinâmica institucional nos dias decorridos e o que ainda será realizado nos próximos dias.

Dentre as ações de emergência destacam-se:

  1. Campanhas de arrecadação de alimentos não perecíveis, kits de limpeza, higiene e fornecimento de máscaras caseiras para as famílias mais vulneráveis; No período de 20 de março a 28 de abril a instituição já forneceu assistência direta a 150 famílias com cestas básicas, kits de limpeza e máscaras e, inclusive, realizou visitas domiciliares à 10 famílias que se encontram na linha de extrema pobreza. As visitas foram realizadas por assistentes sociais e advogadas de nossa organização e documentadas com fotos e depoimentos.

  2. Mapeamento das crianças, adolescentes e familiares já acompanhados pelos projetos da instituição Movimento de Mulheres em São Gonçalo, visando localizar as famílias que estão em situação de vulnerabilidade social e/ou de extrema pobreza para acompanhamento, orientação e assistência social;

  3. Aplicação de questionário social junto às famílias mais vulneráveis para identificar as pessoas que compõem os grupos de risco sob o olhar da saúde e assistência social, sobretudo àqueles que vivem em estruturas domiciliares que não sejam adequadas para o cumprimento do distanciamento social ampliado ou isolamento; referenciando-as para a rede pública de atendimento;

  4. Identificação, por meio da aplicação de questionário social, pessoas que estejam em consonância com o perfil para o recebimento do Auxílio Emergencial do Governo Federal, visando a orientação sobre os procedimentos para a solicitação do benefício e respectivo monitoramento das parcelas;

  5. Levantamento dos direitos e benefícios sociais ofertados pelo município de São Gonçalo, visando localizar na rede local de assistência social e saúde as formas de acesso e os critérios de elegibilidade para inclusão das famílias assistidas pelo NEACA;

  6. Seleção, dentre os atendidos, daqueles que possuem necessidades materiais face às dificuldades econômicas decorrentes das mudanças ocorridas nos processos de trabalho daqueles que trabalham no mercado informal e beneficiários dos programas de transferência de renda do governo, de forma a oferecer cestas básicas, kits de limpeza, higiene pessoal e máscaras;

  7. Realização, junto à empresas privadas e população em geral, campanhas de arrecadação de alimentos, máscaras e itens de higiene pessoal e limpeza, principalmente sabonetes para lavagem das mãos, álcool gel, água sanitária, cloro, luvas de látex e/ou caseiras, máscaras descartáveis, papel toalha, papel higiênico, saneantes, sacos de lixo, entre outros para que todos tenham acesso à prevenção para melhor controle da pandemia da COVID 19;

  8. Organização do processo de mapeamento das famílias vulneráveis para a entrega das doações de alimentos, máscaras, kits de limpeza e de higiene pessoal;

  9. Realização de atendimento presencial em casos de extrema urgência nas instalações do NEACA e remotamente (oficinas infantis e videoconferências) às crianças, adolescentes e familiares que são acompanhados pela equipe do NEACA;

  10. Oferta de orientação através de ligações telefônicas, fale conosco/chat do site da instituição e através de mensagens eletrônicas aos usuários que acionarem estas modalidades de ajuda remota;

  11. Manter os canais de divulgação da instituição como páginas do Facebook, Instagram e Site da instituição atualizados e com respostas rápidas às mensagens deixadas pelos usuários atendidos pelo NEACA;

  12. Promoção, por parte dos profissionais de psicologia, espaços virtuais de escuta, cuidados coletivos e compartilhamento de materiais voltados aos demais profissionais integrantes da equipe do NEACA, visando a observação, acompanhamento e discussão dos sentimentos e experiências vividas em meio às mudanças de rotinas profissionais que eventualmente possam causar sofrimento na equipe e impactar nos atendimentos prestados aos usuários e suas famílias;

  13. Promoção, por parte da equipe técnica, em especial, da área de educação, atividades coletivas virtuais direcionadas às crianças e adolescentes no período de distanciamento social, tendo como referência as plataformas digitais;

  14. Elaboração de relatórios técnicos dos casos em acompanhamento, com os devidos ofícios de acompanhamento, para que sejam encaminhados logo assim que as instituições que integram o sistema de garantia de direitos retornem às atividades normais.

  15. Acompanhamento da publicação de decretos, resoluções, notas técnicas e demais orientações públicas, em nível federal, estadual e municipal, visando a orientação organizada aos usuários atendidos pela instituição.

Destacamos as necessidades institucionais para a realização das ações do Plano Emergencial:

Insumos cotidianos para profissionais e usuários: álcool 70% líquido e/ou em gel, sabão em barra ou líquido, detergente, papel toalha, papel higiênico, sacos de lixo, luvas, saneantes, cloro e/ou água sanitária para desinfecção do ambiente por parte da equipe de apoio.

Equipamentos e recursos tecnológicos para comunicação entre a equipe e com as famílias tais como: telefones celulares, conexão à internet via rede wi-fi para produção de vídeos com atividades, reuniões e teleconferências.

Destacamos as Campanhas realizadas pelo Movimento de Mulheres em São Gonçalo e que compões as ações do Plano Emergencial:

1.Através do Site Benfeitoria:

Mulheres pela Vida

Campanha de enfrentamento aos impactos sociais da pandemia COVID-19 em São Gonçalo, através da garantia alimentar para pessoas em situação de vulnerabilidade

Meta 1 - Nesta campanha queremos conseguir 400 cestas básicas de alimentos e itens de higiene limpeza: R$ 40.000,00

As cestas básicas irão contribuir para o acesso à alimentação a mulheres, crianças, adolescentes vítimas de violência e pessoas vivendo com HIV/AIDS no município de São Gonçalo/RJ que vivem em situação de pobreza e extrema pobreza. Com a pandemia COVID-19 essas pessoas, que já vivem em situação de vulnerabilidade, estão precisando ainda mais de nossa ajuda. Vamos ajudar! Junt@s somos fortes!

A ação tem como objetivo principal garantir o acesso à alimentação e às necessidades básicas de higiene para famílias em situação de vulnerabilidade social no município de São Gonçalo/RJ.

Link: https://benfeitoria.com/mulheresemmovimentopelavida

2.Através do Site do Movimento de Mulheres em São Gonçalo

Campanha de arrecadação de alimentos não perecíveis, materiais de higiene, limpeza, álcool/gel e máscaras

O Movimento de Mulheres desenvolve projetos sociais dirigidos às pessoas de risco social com alta vulnerabilidade. Diante disso, estamos realizando uma campanha de arrecadação de alimentos não perecíveis, materiais de higiene, limpeza, álcool/gel e máscaras para doarmos às pessoas por nós atendidas.

Na semana de 23 a 27 de março fizemos doações de 23 cestas básicas para as mulheres que vivem com HIV/AIDS e na data de hoje conseguimos a doação de mais 22 cestas básicas para as mulheres gestantes que integram o Projeto Roda de Gestantes. Na semana que vem distribuíremos estas cestas.

Como ajudar?

Doação de produtos na sede do movimento:

As doações poderão ser feitas na seda da entidade, localizada na Rua Rodrigues da Fonseca, 201, Zé Garoto

Retirada dos produtos em casa:

Liguem para o telefone (21) 2606-5003 para que possamos combinar como ir buscar os produtos na sua casa

Doação financeira:

Para aqueles que prefiram realizar doações financeiras, de qualquer valor, poderão depositar na conta da instituição:

RAZÃO SOCIAL: MOVIMENTO DE MULHERES EM SÃO GONÇALO

CNPJ 392590980001-31

Banco Itaú

Agencia: 6148

Conta Corrente: 38614-4

Link: https://www.movimentomulheres.com.br/single-post/campanhadearrecadacao

3.Campanha de Visibilidade e Mobilização para a Prevenção à PandemiaCOVID – 19 através das Redes Sociais

Evidências do Plano Emergencial:

Boletins
Mais Recentes
Movimento de Mulheres, Movimento Mulheres, Movimento Mulheres São Gonçalo, Defesa de Direitos, Violência contra mulheres, ECA, Defesa das crianças e Adolescentes

movimentomulheres.mmsg@gmail.com

Telefone: (21) 2606-5003 /(21) 98464-2179

  • Facebook - Círculo Branco

© ekloos 2018   |    Movimento de Mulheres  |    Todos os direitos reservados