FIQUE POR DENTRO DAS

NOVIDADES

Vamos juntas dar voz às mulheres!




Enquanto você vai a academia, faz almoço ou lê um livro, coisas que demoram por volta de duas horas, uma mulher é assassinada no Brasil.


Enquanto você escova um dente, lava uma mão, ou vai ao banheiro, coisas que demandam apenas 2 minutos, cinco mulheres são espancadas no Brasil.


Só em 2019, uma mulher foi morta por feminicídio a cada 7 horas, em média. Para você ter uma ideia, o número total de mortes equivale a quase 40 ônibus de passeio cheios!


Em 2018, mais de 3 mil mulheres negras foram assassinadas no Brasil. Sendo que quase 27% dessas mortes foram causadas por feminicídio.


Quase todas as mulheres que sofreram feminicídio foram mortas pelo companheiro ou ex-companheiro. Isso só reforça a frase que em briga de marido e mulher, devemos meter a colher sim!


45% dos feminicídios aconteceram por inconformismo dos homens com a separação. Por isso, é importante que estejamos ao lado das mulheres que amamos enquanto ela passa por esse processo. Precisamos ser uma escuta compreensiva e aconselhar buscando sempre o melhor para ela.


Fazer com que a mulher se abra para falar sobre uma violência pode ser difícil e, muitas vezes, requer a ajuda de especialistas, como psicólogos. Por isso, nessa situação, o que elas mais precisam é do nosso apoio!


Você é ou conhece alguma mulher que está sofrendo violência, seja física ou psicológica? Estão não fique calada, cada segundo importa!

Neste mês das mulheres vamos nos unir para que mais mulheres consigam vencer a violência e não serem vítimas de feminicídio.


Disque 180!



Quer fazer parte da campanha também? Baixe os nossos materiais e compartilhe nas suas redes sociais!





Boletins
Mais Recentes
Movimento de Mulheres, Movimento Mulheres, Movimento Mulheres São Gonçalo, Defesa de Direitos, Violência contra mulheres, ECA, Defesa das crianças e Adolescentes

movimentomulheres.mmsg@gmail.com

Telefone: (21) 2606-5003 /(21) 98464-2179

  • Facebook - Círculo Branco

© ekloos 2018   |    Movimento de Mulheres  |    Todos os direitos reservados